Investir em imóveis: a decisão certa, mesmo em 2021

Investir em imóveis 12 de agosto de 2021

Pensou em segurança financeira para o futuro, pensou em investir em imóveis. Há também o sonho da moradia própria. Enfim, os imóveis fazem parte da tradição de investimentos no Brasil. E isso não se construiu do nada. Veja a seguir as vantagens da aquisição de imóveis e por que o cenário de 2021 está propício para isso.

De modo geral, o brasileiro não é um povo muito familiarizado com fundos de investimentos, ações de empresas e letras de câmbio, entre outras modalidades – apesar de que o cenário vem mudando nos últimos anos, com a popularização desses tipos de investimento no ambiente online.

Mesmo assim, o que vem à mente dos brasileiros quando o assunto é investir dinheiro com a segurança do retorno é a compra de imóveis.

Essa tradição não foi construída à toa. Enquanto a fauna dos investimentos financeiros amplia diariamente a sua variedade, a aquisição de imóveis segue firme e forte, atravessando os tempos sem perder a sua relevância.

De onde vem a segurança de investir em imóveis?

Em primeiro lugar, há o fato inegável de que a moradia é uma das necessidades básicas do ser humano

Na base da pirâmide de Maslow se encontram as necessidades fisiológicas, e dentre elas está o abrigo (além da alimentação, água e sono, entre outras).

investir-em-imoveis-piramide-de-maslow

Pirâmide de Maslow (Fonte da imagem: Mundo Educação)

Ou seja, enquanto houver oferta no mercado e pessoas aptas a pagar pela moradia, o imóvel sempre irá figurar entre os investimentos com retorno mais seguro. 

Ter a casa própria – ou gerar renda por meio da sua revenda ou aluguel – nunca vai ficar fora da moda. Ponto final.

Também não podemos esquecer que a compra da casa própria representa a realização do maior sonho material para a grande maioria da população. E isso tem um poder gigantesco. Pense no imóvel como um objetivo de vida. Nenhum outro bem material tem tamanha importância.

Enfim, a aquisição de um imóvel pode ser explorada de várias maneiras:

▶ Servir de moradia própria;

▶ Ter um endereço para o descanso nas férias;

▶ Gerar renda com a locação/revenda ou…

▶ … mesmo que não seja vendido, o imóvel é incorporado ao seu patrimônio.

Ok, essa é a abordagem mais ampla do assunto. Agora vamos ver alguns números que embasam a atratividade do investimento em imóveis.

Vantagens de investir em imóveis

Quando você roda o primeiro metro com um carro zero km ao sair da concessionária, ele perde um considerável percentual do seu valor, e isso só se agrava a cada dia que passa.

Já com um imóvel o que acontece é exatamente o contrário: ele costuma valorizar com o passar do tempo

De acordo com uma publicação do G1, dados da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) “apontam que a valorização média de imóveis nos últimos 10 anos foi de 9,4% ao ano, 44% a mais que os rendimentos da poupança no mesmo período”.

O artigo ainda aponta que o setor imobiliário fechou 2020 em alta, devido à combinação de juros baixos e oferta de crédito.

Soma-se a tudo isso o fato do imóvel ser considerado um bem duradouro. Esse status, por si só, se traduz em garantia de segurança para o futuro.

2021 é um bom ano para investir em imóveis

Essa afirmação depende totalmente da atual situação da taxa SELIC, que sofreu sucessivos cortes até atingir o valor mínimo histórico de 2%.

De acordo com o artigo da RPS Engenharia, a SELIC “é a principal responsável por regular todas as demais tarifas cobradas no Brasil, ou seja, quaisquer aumentos que a SELIC tenha serão repassados às outras modalidades […] Com ela em baixa, é possível ter opções mais interessantes para investimentos imobiliários no país, afinal, os créditos passam a ter juros em níveis menores”.

Um efeito prático da queda da SELIC foi mostrado em uma pesquisa da Abrainc, a qual apontou um aumento de 26,7% na venda de apartamentos no primeiro trimestre de 2020, em comparação com o mesmo período do ano anterior.

A SELIC também ocasiona um processo de retroalimentação no mercado como um todo: enquanto ela estiver baixa, é provável que o governo tenha que investir mais dinheiro na economia, enquanto os juros baixos atraem empresas à procura de expansão, o que geralmente ocasiona ofertas de empregos e criação de oportunidades.

Outra coisa: a poupança é ajustada em 70% da SELIC. No momento, deixar seu dinheiro parado lá significa perda de poder de compra. Mais uma vez, ponto para os imóveis. 💪

Alia-se a tudo o que foi exposto o fato de que as pessoas estão desgastadas pelo afastamento social imposto pela pandemia de Covid-19, o que as leva a procurar por espaços maiores – muitas vezes com pátios e áreas externas -, e esses diferenciais estão associados aos imóveis prontos para morar. 

Há também a necessidade de incrementar a estrutura para o home office e fazer funcionar o equilíbrio entre a moradia e o trabalho. As mudanças de hábitos acabaram por aquecer o mercado de imóveis, mesmo em meio ao cenário de crise instaurado pelo coronavírus.

Como garantir que está fazendo o melhor negócio?

Basta andar nas ruas para ver a quantidade de opções disponíveis para a compra no mercado imobiliário. 

Mas não podemos esquecer que a compra do imóvel é uma das decisões mais importantes da vida, em diversos níveis.

Se a sua intenção é a moradia própria, você precisa comparar as suas necessidades com as características apresentadas por cada imóvel.

Se você procura investir para a futura geração de renda com o aluguel ou a revenda, é fundamental analisar a liquidez do imóvel – afinal, nenhum investidor quer gastar com IPTU e custos de manutenção sem que haja o retorno do investimento, enquanto a propriedade permanece com as portas fechadas.

A melhor forma de garantir decisões acertadas, tanto na compra para moradia como para investimento, é se aconselhando com especialistas do mercado.

Inúmeros compradores de imóveis não percebem que imobiliárias especializadas na exclusividade das vendas são uma excelente opção para o aconselhamento durante o processo, devido à sua abordagem diferenciada, que contempla não só quem vende, mas também os interessados na compra.

Essa pode ser uma boa saída para quem quer fazer a escolha certa, tendo a certeza de que está sendo aconselhado da forma mais adequada às suas intenções e particularidades. 🎯

________

Queremos saber como foram as suas experiências anteriores com a aquisição de imóveis. O processo foi suave ou traumático? 😬

Se você está no processo de aquisição do primeiro imóvel, quais são suas dúvidas e preocupações?

Conte para nós nos comentários ou nas redes sociais. 👇

Site para imobiliárias Lead Link