Economia prateada: o mercado imobiliário e a terceira idade

Compra e venda de imóveis 18 de novembro de 2021

A economia prateada (também conhecida como economia da longevidade) é o mercado voltado para as necessidades e exigências das pessoas com mais de 60 anos. Entenda a importância desta faixa etária para os negócios imobiliários de Pelotas.

De acordo com o Tsunami60+, em 2050 haverá 2,1 bilhões de pessoas com mais de 60 anos (25% da população mundial). Neste cenário, o Brasil será o 6º país mais velho do mundo, com cerca de 68 milhões de idosos.

Trazendo para a realidade de Pelotas, esta é a Pirâmide Etária do censo de 2010 do IBGE (o último censo de abrangência nacional realizado). Nela, o município apresenta a seguinte configuração:

piramide-etaria-de-pelotas-ibge-2010

Pirâmide Etária de Pelotas, de acordo com o censo de 2010 do IBGE. Imagem: reprodução.

Apesar da defasagem de 11 anos do censo, a pirâmide de 2010 já apontava a expressividade da população pelotense acima dos 60 anos. À época, Pelotas tinha 328.275 habitantes; hoje, estima-se 343.826. 

A explicação para o crescimento da população da terceira idade é simples: as pessoas estão tendo menos filhos e vivendo por mais tempo.

A mesma lógica se aplica a Pelotas.

O poder aquisitivo dos integrantes da economia prateada

De acordo com uma pesquisa conduzida em 2020 pelo Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas (FGV Social), os idosos correspondem a 17,4% dos brasileiros mais ricos. 

Além disso, na terceira idade se encontram 19,3% das pessoas que são consideradas chefes de família nos domicílios do país.

A economia prateada e o mercado imobiliário pelotense 

O aumento da longevidade e a decisão de ter menos (ou até de não ter) filhos são fatos que provavelmente irão se acentuar com o passar dos anos.

De olho nessa realidade, o mercado imobiliário encontrou na economia prateada um nicho seguro e rentável. 

Diversas construtoras passaram a apostar em empreendimentos especialmente configurados para a terceira idade, com estruturas que oferecem serviços como hidroginástica, ginástica funcional e fisioterapia. De modo geral, este serviços estão inclusos no valor do condomínio.

Pelotas: uma ótima opção para a economia prateada

Já escrevemos um artigo sobre as vantagens de viver em Pelotas.

Vamos focar aqui nas características do município que são atraentes para o público da terceira idade.

A segurança e a praticidade dos apartamentos

Para a faixa etária 60+, a decisão de comprar um apartamento em Pelotas é a mais recorrente na escolha do tipo de imóvel para moradia.

Dentre os motivos estão a praticidade de manutenção e a segurança do convívio coletivo no condomínio: em uma situação de emergência, há vizinhos próximos e, no caso de viagens, basta trancar a porta e sair com tranquilidade.

Além disso, Pelotas oferece uma abundância de imóveis prontos para morar, em variadas faixas de preços e localizações. 

Casas com pátio

Manter uma horta e um jardim, criar animais de estimação, ter um espaço para fazer churrascos com amigos, estar mais perto da natureza… São muitas as justificativas para escolher uma casa como moradia.

Assim como os apartamentos, há uma variedade de casas com as características citadas acima à disposição em Pelotas.

Um bairro tradicional para quem escolhe morar em uma casa é o Laranjal, com sua exuberância natural e tranquilidade típica de quem está afastado do centro urbano. 

De qualquer forma, o Laranjal é autossuficiente. Você não precisa sair dele para atender a todas as suas necessidades diárias. E, caso precise, o centro está a apenas 13 km de distância.

Além do Laranjal, a oferta de casas com pátio aumenta em bairros como Três Vendas, Areal e Fragata, só para citar alguns.

Os benefícios de uma cidade plana

O relevo plano de Pelotas é um convite para as caminhadas, especialmente para os integrantes da terceira idade. Em cidades cheias de altos e baixos, a exemplo dos municípios da serra gaúcha, não seria possível esticar as pernas por períodos mais longos.

Já em Pelotas, uma boa caminhada cansa menos, e por isso pode ser mais extensa. A musculatura e o coração agradecem! 💪❤️

Já para os maduros que estão vendendo saúde e adoram uma pedalada, mais uma vez, ponto para Pelotas.

A cidade conta com mais de 50 Km de ciclofaixas que ligam os principais bairros de forma estratégica. Junte isso ao fato de ela ser plana em boa parte do seu território e você terá um cenário perfeito para os ciclistas. 🚲

Opções típicas de cidade grande com qualidade de vida do interior

Se você quer ter acesso a praticamente tudo que uma capital pode oferecer, mas com qualidade de vida mais elevada (leia-se menos loucura e agitação), Pelotas é uma aposta certeira.

Essa é uma das características que mais atrai o público da terceira idade, e isso faz de Pelotas um mercado interessante para a economia prateada.

Em comparação com uma capital, aqui o m² construído é consideravelmente mais barato. Ao mesmo tempo, as opções de cultura e gastronomia pelotenses não devem nada para ninguém.

No quesito saúde, que é uma das preocupações centrais do público 60+, a cidade conta com inúmeros especialistas renomados. Nossos hospitais públicos, de modo geral, apresentam condições consideravelmente superiores em comparação a diversas cidades brasileiras.

Em resumo, terceira idade e Pelotas tem tudo a ver. 😍

__

Se você está projetando viver a “melhor idade” na Princesa do Sul, não deixe de pesquisar casas ou apartamentos na Imóveis DP.

Durante o processo de escolha, faz toda a diferença ser aconselhado por uma imobiliária com abordagem totalmente focada na experiência do cliente.

Quer conhecer melhor a nossa forma de trabalho diferenciada?

Entre em contato pelo email contato@imoveisdp.com.br, Whatsapp (53) 99109.0808 ou deixe uma mensagem em nossas redes sociais 👇.

Site para imobiliárias Lead Link